Tudo aquilo que fazemos com os nossos corações afeta o inteiro universo

15

Através do testemunho de várias SFPs, encontrei Madre Francisca Schervier, aquela que disse Sim a Jesus quando Ele a chamou para "curar as feridas da humanidade pobre e sofredora." Ela foi a minha primeira mestra.  A vida de Madre Francisca, que está profundamente ligada ao nosso carisma de cura, tocou profundamente meu coração e me atraiu para viver seu carisma de amparo aos pobres.

Por altos e baixos, tenho procurado manter vivo esse dom durante estes 48 anos, tentando desempenhar a minha vocação com abertura e empenho para realizar a vontade de Deus.  É a certeza de que é Ele a verdadeira fonte de cura que atua dentro de mim.  Sinto a alegria de ser uma testemunha dessa missão que Ele me deu em minha caminhada.

• Ainda era postulante quando experimentei o carisma, pela primeira vez, juntamente com Irmã Paola Gesser, missionando entre os pobres, tanto em Vermicino como em Milão, onde eu trabalhava com os bebês do berçário e com as crianças.  Minhas experiências desde então têm sido surpreendentes.  

• Presenciei o nascimento de novos grupos de jovens que os ajudou a vivenciar o Evangelho e a descobrir suas vocações por meio de experiências concretas pelas quais se tornaram  testemunhas do Evangelho. Com o tempo, também esse trabalho trouxe frutos para a nossa Congregação.

• Trabalhava como enfermeira em uma comunidade terapêutica para pacientes com AIDS e com doenças terminais na localidade de Campo Itália, em Messina quando toquei com minhas próprias mãos essas novas feridas que começavam a afetar a juventude italiana.  No decorrer desses três anos, senti claramente como Madre Francisca permanecia ao meu lado de maneira inusitada, ajudando-me a ser um instrumento de cura e a oferecer esperança e consolação a esses pacientes e todos os cuidados necessários nas fases mais cruéis de sua aflição.

13
• A graça de Deus me ajudou a perceber que cuidar dos outros somente como enfermeira não era suficiente.  Eu precisava amá-los, ajudar cada um a viver com mais serenidade a sua difícil situação.  Quís então ajudá-las a ter confiança e a perceber que a mão de Deus era poderosa e que podia ampará-los na sua doença.  Procurava fazê-los sorrir e dar-lhes um pouco de paz.  O medo muitas vezes dificulta o trabalho de Deus, mas eu confiava profundamente no poder da oração.  Isso me dava a esperança de que o nosso carisma de cura daria seu fruto no devido tempo.   Na verdade, a energia de cura do nosso carisma trouxe muitas mudanças na vida desses desafortunados, irmãos e irmãs.  Durante essa caminhada de sofrimento e de confiança em Deus, algumas dessas pessoas pediram para serem batizadas e nós as ajudamos a compreender os sacramentos.  Muitos foram batizados ou confirmados, o que sentiam como algo de maravilhoso! 12

• Atualmente encontro-me empenhada nesta nova missão, em Dumaguete City, nas Filipinas.  Estamos aqui presentes como uma comunidade missionária, em meio um contexto social e cultural muito diferente do modelo ocidental.  No entanto, sermos instrumentos de cura neste lugar tão diferente, tem o mesmo significado de sempre!  Os pobres, os marginalizados, os solitários, os idosos, as pessoas sem teto, os doentes abandonadas são os mesmos que encontrei em toda a minha vida!

Jesus, tal como Ele se revelou a mim nestes anos todos é o mesmo Jesus que encontro hoje em Dumaguete City: Aquele que conduz o nosso carisma de cura.  E que nos pede constantemente para sermos o "Outro", porque é através da nossa sinceridade, humildade e generosidade que Ele pode agir e realizar grandes coisas.

Ainda iremos precisar de algum tempo aqui em Dumaguete City para aprender o necessário, mas confiantes que continuaremos realizando a obra que Ele iniciou conosco há dois anos, trabalhando com crianças de rua e adultos.  A fé nos urge a seguir nessa missão, acreditando nesse mesmo Jesus e que o dom de cura que Ele nos confiou fará brotar o que semeamos.

14

Para mim, ser um instrumento de cura é dar testemunho, pelo meu modo de viver, do nosso carisma de cura.  Amando a Deus, sei que o instrumento que cura é o próprio Deus.

Sr. Maria Atorino, SFP

COMUNIDADE

Entra na comunidade

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

1 banner celebrando pt

2 banner p biblico pt

3 banner preghiera pt

4 banner canonizzazione pt

6 banner donazioni pt

Newsletter