Um novo momento para a nossa congregação

 


unnuovo 01Nosso 14º Capítulo Geral encerrou-se nesta última sexta-feira, 6 de setembro. Fazemos agora uma pausa para refletir sobre tudo o que ele abriu para nós, como Congregação, Áreas Geográficas e indivíduos.

Acredito que, mais uma vez o Espírito Santo trabalhou na nossa fragilidade humana, curando feridas por vários modos, inclusive os poderosos sonhos que algumas de nós tivemos. Sinto-me muito grata por este Capítulo porque foi significativo na história das Irmãs Franciscanas dos Pobres. Pela primeira vez, tivemos: Três Irmãs italianas eleitas como Ministra Congregacional, Primeira e Segunda Conselheiras; uma Irmã senegalesa eleita como Conselheira unnuovo 02Congregacional da Área do Senegal; somente uma Irmã dos Estados Unidos, eleita como Conselheira Congregacional da Área dos Estados Unidos;  uma Capitular representando a Missão das Filipinas.

Outro evento importante que tornou este Capítulo um momento histórico de transição foi o grande apoio das Capitulares à recomendação da Liderança que a Casa Generalícia seja transferida de Brooklyn, Nova York, nos Estados Unidos, para Roma, na Itália. Este foi um Capítulo de discernimento que nos inspirou a encontrarmos uma única Diretriz para os próximos cinco anos, e três Chamados à ação para implementá-la.

Sinto-me imensamente agradecida pelo apoio orante de tantas pessoas, o que nos ajudou a penetrar mais profundamente no coração de Deus e a confirmar o nosso ardor em desempenhar a missão de Madre Francisca! Este foi um Capítulo de  celebração, em que apreciamos nossas diferenças culturais, especialmente durante as Celebrações Litúrgicas, mas também no fato que um terço do Corpo do Capítulo constituiu-se de Irmãs que foram nomeadas pela primeira vez, um unnuovo 03esperançoso sinal de que temos um futuro pela frente. Reconhecemos a valiosa presença de representantes dos nossos Afiliados, de Irmãs Professas Temporárias, e de Irmãs da Congregação de Aachen. Celebramos também a natureza que nos abençoou com a exuberância dos jardins do Centro de Espiritualidade Bon Secours.

Este foi também um Capítulo verdadeiro, porque ativou em nós luminosos potenciais para o nosso carisma de cura e também a consciência da nossa sombra. Somos a humanidade pobre e sofredora chamada a trabalhar com mais afinco em nossas próprias feridas, com coragem e fé, para podermos experimentar os frutos da criação e liberar a energia de cura de Cristo!”

 

Irmã Tiziana Merletti, sfp

Publicado: 13/09/2013

COMUNIDADE

Entra na comunidade

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

3 banner preghiera pt

1 banner celebrando pt

2 banner p biblico pt

6 banner donazioni pt

Newsletter