Afiliado Gerald (Jerry) Altenau

alt

Jerry tornou-se conhecido entre as Irmãs Franciscanas dos Pobres, particularmente as que moram em Cincinnati, Ohio, de maneiras bem diferentes. Inicialmente era conhecido como “o filho”, quando vinha visitar seu pai, residente no Lar Franciscan Terrace. Depois, ficou sendo conhecido como “o marido e pai”, quando nos falava carinhosamente das “suas meninas.” E logo passou a ser “um nosso colaborador” ao servir como Vice-Presidente de Compras dos Serviços de Saúde Franciscano do Vale do Rio Ohio (Franciscan Health Services of the Ohio Valley) , cujo primeiro escritório havia sido instalado no Convento Santa Clara.

Mais tarde, quando o seu escritório "oficial" ficou pronto e Jerry estava para se mudar do Convento Santa Clara , ele ofereceu uma "Pizza Party" para algumas das Irmãs, como sua festa de despedida. Essa data foi depois comemorada por vários anos no Convento Santa Clara, mas finalmente acabou sendo transferida para a casa de Jerry. Continuava sendo chamada por ele de "Pizza Party", mas com o menu havia mudado radicalmente. Também a data foi mudada para a época do Natal. Era um jantar completo, preparado e servido pela família Altenau. Não demorou muito para que Jerry também se tornasse conhecido como "irmão" e "amigo" das nossas Irmãs.

Mais adiante, Jerry aceitou o convite a ser um “Co-Membro”, como então chamávamos os Afiliados da Congregação. Seu primeiro compromisso data de 8 de novembro de 1986 e reflete um homem cheio de energia, pois já servia em sua paróquia como ministro extraordinário da comunhão eucarística, era leitor, e membro dos serviços paralitúrgicos, e do grupo de apoio ao luto. Jerry também serviu como voluntário no nosso Centro de Serviço Social São João (St. John Social Service Center) e foi membro do conselho do grupo “Cancer Share” de ação contra o câncer. Em tudo isso, o grande anseio era crescer em sua vida espiritual, ajudando os pobres.

Após duas renovações de compromisso, de cinco anos cada uma, Jerry solicitou e foi aceito para fazer o compromisso permanente. Dizia que o compromisso permanente refletia mais precisamente a sua intenção de permanecer conosco. A cerimônia teve lugar no dia 1º de novembro de 1998 na Capela do Convento Santa Clara, na presença de Irmã Marilyn Trowbridge, então nossa Ministra Regional, Irmã Maria Jacinta Doyle, diretora dos Afiliados e também sua Sponsor bem como da esposa, Patty e das duas filhas , Kim e Kristin, além de muitas de nossas Irmãs, Afiliados e amigos. Em seu compromisso, ele declarou:

    "Eu, Jerry Altenau me alegro, Bendito Deus, por teres colococado dentro do meu pequeno coração não só a tua Semente Divina, como também a essência de tudo aquilo que criaste! Exprimo agora a minha alegria no teu Ser, dedicando-te com amor estas palavras, unido em oração à Bem-Aventurada Francisca: “Vamos nos esforçar para fazer tudo pelo mais puro amor, porque nos nossos pobres irmãos que sofrem encontramos realmente o próprio Cristo”!

Prometo, mediante este Compromisso Permanente como Afiliado, participar da vida e dos ministérios das Irmãs Franciscanas dos Pobres. Isso farei continuando a servir a Deus nos pobres através da Sociedade de São Vicente de Paulo, da organização Desenvolvimento de Moradias Franciscano (Franciscan Home Development) e do programa Cortes de Cabelo Franciscanos de Todo Coração (Franciscan Haircuts From the Heart Program), atualmente, e nas modalidades às quais Deus me chamar; continuando também a crescer na vida espiritual e na fé, tendo os Evangelhos e o Santo Sacrifício da Missa como meus instrumentos para alcançar esses objetivos. Vejo que a dor e o sofrimento acrescentam algo à minha espiritualidade, pois como disse Jesus: "Quem não carrega a sua cruz e não vem após mim, não pode ser meu discípulo."

Seu compromisso reflete a maneira como Jerry viveu. Envolvido em muitos dos ministérios das Irmãs, ele se tornou "Guardião" de duas idosas, Frances e Dorothy qufe inicialmente haviam sido atendidas no então nosso Hospital Santa Maria. Fechado esse hospital, elas foram alojadas no Convento Santa Clara, mas assim que as suas carências aumentarm, elas foram transferidas para o Lar Franciscan Terrace. Foi então que Jerry as conheceu, tornando-se seu guardião e irmão. E elas costumavam ligar muito para ele, no trabalho, dizendo tudo o que precisavam.

Em 1996, Jerry tornou-se parceiro de oração da comunidade das aposentadas no Convento Santa Clara. Quando ouviu falar dos esforços para angariar fundos que Irmã Bonnie Steinlage estava fazendo para oferecer cortes de cabelo a pessoas pobres, seu ministério Franciscan Haircuts from the Heart, bastou que ele fizesse alguns telefonemas para garantir a ajuda necessária. Depois, ele continuou dando assistência a esse ministério separadamente incorporado, como membro do conselho administrativo.

Graças à sua experiência como Diretor Financeiro da Faculdade de Medicina da Universidade de Cincinnati, Jerry conectou Irmã Maria Jacinta Doyle com a Dra. Evelyn Hess, que havia iniciado o Grupo de Trabalho contra a AIDS da Greflete um homem cheio de energia, pois já servia em sua paróquia como ministro extraordinário da comunhão eucarística, era leitor, e membro dos serviços paralitúrgicos, e do grupo de apoio ao luto.ande Cincinnati (AIDS Task Force). Em seguida, Jerry continuou a se interessar por esse ministério, voluntariando por um tempo junto à Caracole House, uma moradia transitoria que oferece serviços para esses pacientes.

Jerry participou dos programas para os Afiliados, das Assembléias e de outras celebrações das Irmãs, muitas vezes acompanhado por sua esposa, Patty. Foi através desse seu envolvimento que ele ficou sabendo de tantas outras necessidades, e foram muitos os que receberam a sua assistência, de vários modos, tacitamente.

Durante os últimos anos de sua vida, Jerry praticou de forma mais explícita a última parte de seu compromisso: “Vejo que a dor e o sofrimento acrescentam algo à minha espiritualidade, pois como disse Jesus: Quem não carrega a sua cruz e não vem após mim, não pode ser meu discípulo.” Conforme sua saúde começou a declinar, várias doenças foram afetando sua energia de outrora. À medida que seus movimentos iam ficando mais limitados, tornava-se mais difícil para ele aceitar depender dos outros. Após vários anos de doenças debilitantes, Jerry foi levado a receber o abraço eterno de Deus no dia 10 de março de 2012, e certamente terá ouvido as palavras: “Muito bem, servo bom e fiel”" (MATEUS 25, 23)!

Irmã Maria Jacinta Doyle, SFP

Comunidade

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

3 banner preghiera pt

6 banner donazioni pt

tutela PT new

1 banner celebrando pt

banner history corner

2 banner p biblico pt

Newsletter

Console de depuração do Joomla!

Sessão

Informação do perfil

Memória Utilizada

Consultas ao banco