Irmã Marilyn Fischer, SFP

alt 

No interior da aliança religiosa – símbolo de sua união a Cristo como Franciscana dos Pobres que Irmã Marilyn Fischer usava desde a sua Profissão Perpétua há quase 45 anos – encontram-se inscritas as palavras de São Francisco de Assis: Meu Deus e Meu Tudo!  Com a inesperada chegada do anjo da morte na segunda-feira, 9 de maio de 2011 para conduzir a Deus e somente a Ele mais uma das suas amadas, podemos facilmente imaginar que tenham sido essas as últimas palavras que ela tenha pronunciado.  Irmã Marilyn voluntariava como membro do Conselho Diretor da Cabrini Mission Foundation, em cujo prédio residia, mas naquele momento estava ainda convalescendo de uma grave e longa enfermidade.  Durante a sua recuperação, havia concordado em se manter em contato com Irmã Joanne Schuster, ligando para ela diariamente às 17 horas.  Quando isso não aconteceu no dia da fatalidade, Irmã Joanne ligou para uma das Irmãs de Madre Cabrini ir verificar como estava passando.   Entrando em seu apartamento, constatou que Irmã Marilyn já havia sido chamada ao lar eterno.

Nascida em 23 de maio de 1936, Marilyn Carol era a terceira das sete crianças do casal Marie Mennel e Frank Fischer.  Seus pais haviam se estabelecido em Quincy, Illinois.  Frequentavam a Igreja de Santa Maria e seus filhos estudavam na escola da paróquia. Marilyn cursou o ensino médio na Escola das Irmãs de Notre Dame, onde se formou em 1954, tendo continuado seus estudos na Escola de Enfermagem do Hospital Santa Maria.  Em17 de setembro de 1958, depois de trabalhar por um ano nesse Hospital, Marilyn decidiu seguir o exemplo de  de sua tia, Irmã Blondina Fischer, SFP, ingressando no Convento Santa Clara, em Cincinnati, Ohio.  Era noviça quando nossa Congregação se tornou um instituto independente, sediado nos Estados Unidos, em 1959.  No dia 3 de maio de 1960, Irmã Marilyn professou seus primeiros votos.

Ainda era professa temporária quando foi designada a servir como enfermeira no Saint Mary Hospital de Cincinnati e, em seguida, no Saint Elizabeth Hospital, em Dayton, Ohio, em cuja Escola de Enfermagem lecionou.  Simultaneamente, frequentou a Universidade de Dayton, que lhe outorgou sua Licenciatura em Enfermagem, em 1964.  Irmã Marilyn continuou lecionando enfermagem até 1967, quando foi designada por um ano como Assistente da Mestra de Formação, função essa que passou a assumir no ano seguinte.

Mais uma vez, Irmã Marilyn se encontrava num momento de transição em sua própria vida, no momento em que as diretrizes do Concílio Vaticano II começavam a ser implementadas, o que estava causando um grande impacto na vida da Igreja e da nossa Congregação.  Explorávamos então o significado da instrução a “retornar ao espírito dos fundadores”.  Os acordos e desacordos eram muitos e todos os religiosos se esforçavam para chegar a um consenso, abordando as muitas questões que lhes eram propostas.  Foi então que Irmã Marilyn estudou Teologia na Universidade Xavier, em Cincinnati, onde fez Mestrado em Educação, como parte da sua preparação para ser Mestra de Formação.

Transição e transformação parecem ter definido a vida da Irmã Marilyn.  Concentrada na nossa vida ministerial, realizava um estudo sobre a eficácia do atendimento de saúde nos hospitais e nas outras instituições das Irmãs Franciscanas dos Pobres, quando foi eleita Conselheira Congregacional pelo Capítulo Geral de 1976.   Baseadas nesse estudo reunimos então, pela primeira vez, todos os administradores e funcionários das numerosas instituições da Congregação nos Estados Unidos para partilhar informações e dialogar.

O Capítulo Geral de 1980 elegeu Irmã Marilyn Fischer como Ministra Geral das Irmãs Franciscanas dos Pobres.  Durante os oito anos em que se manteve nesse cargo, nossa Congregação continuou a considerar o relacionamento entre todas as nossas instituições de atendimento de saúde para as pessoas carentes, assegurando que oferecêssemos a liderança necessária para sermos mais eficazes nos nossos ministérios.  Atravessávamos então tempos difíceis, mas Irmã Marilyn perseverou com gentileza e determinação.

A capacidade de Irmã Marilyn foi crucial à criação da Fundação das Irmãs Franciscanas dos Pobres, com a qual levantarmos fundos para financiar os ministérios das Irmãs no Brasil, na Itália, no Senegal e nos Estados Unidos.  Ela formou uma equipe de trabalho capaz de compreender e promover os valores e a visão da Congregação, enquanto foi Presidente da Fundação.  O carisma de Madre Francisca era muito importante para ela.  Ela foi também convidada a contribuir para o desenvolvimento do Relacionamento dos  Afiliados da Congregação. Nessa função, ela procurou reforçar o vínculo  existente entre as Irmãs e os Afiliados, incentivando-os a desenvolver uma liderança própria dentro do grupo e a colaborar nos ministérios das Irmãs.

Irmã Marilyn aguardava sempre com expectativa cada visita que fazia à sua família, em Quincy, procurando estar presente em todos os grandes eventos como casamentos, aniversários e outras reuniões que, por qualquer outro motivo, se apresentassem.  Parafraseando um ditado popular “Você pode tirar a menina de Quincy, mas não consegue tirar Quincy da menina!”  Irmã Marilyn era uma pessoa que amava a sua terra natal.

Durante uma recente entrevista, Irmã Marilyn descreveu seu chamado à vida religiosa, e mais especificamente como Irmã Franciscanas dos Pobres, da seguinte maneira:

"Tornei-me uma Irmã, porque ansiava em ‘seguir Jesus mais de perto’, vivendo o Evangelho. Ao fazer isso, aprendi e segui o modo de viver franciscano. O carisma de Madre Francisca me atraía e foi nele que encontrei uma maneira de viver o Evangelho, na companhia de uma amorosa comunidade de Irmãs.  Sinto-me profundamente grata o por ter escolhido ser uma Irmã Franciscana dos Pobres.  Aprendi pessoalmente a verdade que há na mensagem do Evangelho que diz: “E todo aquele que por minha causa deixar irmãos, irmãs, pai, mãe, mulher, filhos, terras ou casa receberá o cêntuplo e herdará a vida eterna” (Mateus 19, 29)."

Irmã Marilyn, nos últimos 52 anos você premiou as Irmãs Franciscanas dos Pobres com sua vida, partilhando os seus talentos e cumprindo o seu empenho para com a verdade como só você conseguia cumprir.  Que Deus a abençoe agora com o cêntuplo prometido nas Escrituras!

Irmã Arleen Bourquin

Comunidade

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

3 banner preghiera pt

6 banner donazioni pt

tutela PT new

1 banner celebrando pt

banner history corner

2 banner p biblico pt

Newsletter

Console de depuração do Joomla!

Sessão

Informação do perfil

Memória Utilizada

Consultas ao banco