Um momento significativo e sagrado  

 

 

Maravilhoso!  Uau!  Fantástico!  Regenerador! Solene! Foram essas algumas das interjeições que ouvi, descrevendo o momento histórico para a nossa Congregação e para a Arquidiocese de Cincinnati quando celebrarmos, no contexto de uma Solenidade de Vésperas, a sessão de abertura da Inquirição Diocesana da Causa de Canonização da Bem-Aventurada Francisca Schervier, na Capela do Convento Santa Clara, em Cincinnati, na sexta-feira, 17 de abril de 2009, às 19h30.

A maior parte das Irmãs da Área dos Estados Unidos pôde estar presente, já que se encontravam aqui reunidas para a Assembléia de Área.  Irmã Tiziana Merletti, Ministra Congregacional, as Irmãs Marilyn Trowbridge, Anna Ingoglia e Joanne Schuster, Conselheiras Congregacionais, bem como as Irmãs Maria Atorino e Cristina Di Nocco, da Área da Itália, compareceram.
Vieram unir-se a nós alguns dos Irmãos dos Pobres de São Francisco, o miraculado Sr. Tom Siemers, acompanhado da esposa e de seus familiares, alguns dos nossos Afiliados e religiosas de outras congregações, além de alguns dos nossos colaboradores e amigos.
Presidiu a cerimônia o Arcebispo Daniel Pilarczyk, que mais tarde nos escreveu para dizer o quanto havia apreciado ter tomado parte nesse momento histórico na vida das Irmãs Franciscanas dos Pobres.  Ele observou que nunca havia estado na Capela do Convento Santa Clara e também que esta é a primeira vez que uma Inquirição Diocesana de uma Causa de Canonização tem lugar na Arquidiocese de Cincinnati.

O Início da Cerimônia

sac 01
sac 02
sac 03
sac 04
sac 05
sac 06
sac 07
sac 08
sac 09
sac 010

Carregando a Vela Pascal pelo corredor central da capela, Irmã Jo-Ann Jackowski conduziu a procissão, seguida pelas pessoas que prestariam juramento durante a cerimônia: o Rev. Pe. Christopher Armstrong, Delegado Episcopal; o Rev. Pe. Richard Klug, Promotor de Justiça; o Dr. Paul Sweeney, Perito Médico; o Rev. Pe. Raymond Larger, Notário e a Irmã Mary Jacinta Doyle, Vice Postuladora.  As  Irmãs Tiziana e Joanne vieram depois, precedendo o Chanceler, Rev. Pe. Joseph Binzer, o Diácono Francis Wagner e o Arcebispo Pilarczyk.
Quando a procissão entrou pela porta da capela, Irmã Jo-Ann entoou:“Jesus Cristo é a luz do mundo” ao que todos respondemos, cantando:“Uma luz que treva alguma poderá extinguir”.  Cantamos então Veni Creator Spiritus enquanto a procissão se dirigia para o altar e todos tomavam assento.  O cântico foi muito comovente, porque costumamos entoá-lo para iniciar algumas das funções mais importantes da nossa Congregação e da Igreja.

O pequeno coral das nossas Irmãs cantou lindamente os primeiros versos do Salmo 141 ao qual todos respondemos com o refrão.  O coral teve de ensaiar bastante, porque a melodia era uma novidade para todos.  Seguiram-se as canções “Todos os Confins da Terra”(baseada no Salmo 98) e “Aqui estou, Senhor!” (baseada em Isaías 6).  Irmã Mary Maloney fez a leitura da espístola aos Efésios 3, 15-21.  Foi muito emocionante porque estávamos orando pelas pessoas que participarão como membros do  Tribunal Diocesano na Causa de Canonização.  O Arcebispo Pilarczyk ofereceu então algumas explicações relembrando a todos que a responsabilidade do Tribunal Diocesano é somente coletar as declarações das testemunhas, e que não tem nenhum poder de decisão para determinar se, de fato, algum milagre aconteceu.  Isso só poderá ser decidido pela Congregação das Causas dos Santos, em Roma.

O Mandato de Nomeação e a Apresentação da Petição
O Rev. Pe. Joseph Binzer conduziu a sessão de abertuda da cerimônia, pedindo a Irmã Mary Jacinta para dirigir-se à frente e mostrar o mandato da sua nomeação como a Vice-Postuladora da Causa e a apresentar a petição para o início da Inquirição Diocesana quanto à alegada cura miraculosa do Sr.  Thomas Siemers, de Cincinnati, ocorrida em março de 1989, a qual foi atribuída à intercessão da Bem-Aventurada Francisca Schervier.

O Arcebispo Pilarczyk examinou o mandato de nomeação e o passou às mãos do Chanceler, Pe. Binzer, para constar dos atos daquela primeira sessão.  O Pe. Binzer leu então o pedido  “Supplex Libellus”do Postulador e o decreto de estabelececimento da Inquirição Diocesana em Cincinnati que inclui os dados biográficos da Bem-Aventurada Francisca Schervier, a alegada cura miraculosa, a invocação à Bem-Aventurada Francisca e os Autos do Processo.

“Para verificar a natureza do evento considerado miraculoso, . . . solicito à Sua Excelência dignar-se iniciar em sua Cúria Eclesiástica uma Investigação Canônica quanto ao presumido restabelecimento miraculoso do Sr. Thomas Siemers, com a esperança da canonização da mencionada Bem-Aventurada Francisca Schervier.”

Seguindo o protocolo da Congregação pela Causa dos Santos, o momento foi muito cerimonial e envolvente.  O Pe. Binzer apresentou os outros documentos que foi mencionando pelo nome e que incluiam a carta assinada pelas Superioras Gerais, Irmã Tiziana Merletti, SFP e Irmã Katharina Maria Finken, SPSF ao Postulador do Vaticano, Rev. Frei Luca M. De Rosa, OFM.

Pe. Binzer pediu ao Arcebispo Pilarczyk para tocar o Livro das Sagradas Escrituras e prestar o seguinte juramento:
“Em nome de Deus, eu, Daniel E. Pilarczyk, Arcebispo de Cincinnati, juro cumprir fiel e diligentemente a tarefa a mim confiada em relação à Causa concernente ao alegado milagre atribuído à Bem-Aventurada Francisca Schervier.  Juro também manter confidenciais todos os relativos procedimentos.  Que Deus me ajude e que estes santos Evangelhos me assistam.”

O Arcebispo Pilarczyk assinou então documento, sendo seguido pelos outros membros do Tribunal e por Irmã Mary Jacinta que prestaram juramento e assinaram o documento que foi conclusivamente selado pelo Pe. Binzer com o lacre oficial, num ato cerimonial e comovente.
O Vice-Postulador Apresenta o Laudo Médico
Irmã Mary Jacinta apresentou a seguir o Laudo Médico exigido para a Inquirição e a Lista das Testemunhas.  O  Arcebispo Pilarczyk ordenou então ao Pe. Binzer que estabelecesse um registro público de todas as praxes cumpridas durante a sessão.  O Arcebispo, Pe. Armstrong, Pe. Klug,  e Pe. Larger assinaram o documento, conclusivamente assinado pelo Pe. Binzer que o selou com o lacre oficial.

A cerimônia foi chegando ao fim com o cântico do Magnificat e as Orações de Intercessão preparadas e lidas por Irmã Arleen Bourquin, seguidas pelo Pai Nosso cantado, pela bênção do Arcebispo e pelo hino conclusivo: “É Páscoa, aleluia!”
Que privilégio ter participado desse tão impressionante e comovente evento histórico na vida da nossa Congregação e da nossa Arquidiocese!  Todos os presentes foram convidados para a recepção que se seguiu, com um sentimento de grande exaltação. Os membros do Tribunal Diocesano se disseram muito estimulados e agradecidos pela oportunidade de se envolver num evento dessa magnitude.  Parece que agora temos novos “irmãos”!

Relatamos em seguida o que nos disseram nossas Irmãs, Afiliados e Colaboradores sobre esse empolgante evento na vida da nossa Congregação e da Igreja . . .


“Eu podia sentir ali a presença de Madre Francisca Schervier e do Espírito Santo!  Saí da capela com uma agradável sensação no meu coração!” - Afiliada Katie Huddleston

“A cerimônia foi uma experiência realmente memorável, que durará para sempre.  Vamos agora continuar orando por todas as pessoas envolvidas no processo” - Pessoa Anônima

“Aguardando o início da cerimônia, sentada na capela, me emocionei quando a procissão foi entrando.  Tudo era tão solene!  As Irmãs e os nossos convidados permaneceram num silêncio absoluto, ninguém tossindo ou cochichando, naquela atmosfera reverente e humilde.  De maneira alguma consigo explicar o orgulho e a grandeza que eu, esta pequena Bulcak, estava sentindo, sentadinha ali, guardando tudo no meu coração como um acontecimento único em toda a minha vida” - Irmã Miriam Bulcak

“Achei que a cerimônia foi absolutamente maravilhosa e inspiradora!  Enquanto os documentos iam sendo assinados, eu olhava para cima e parecia que estava vendo todos os anjos acima de nós contemplando tudo aquilo.  Juntamente às belas músicas cantadas por Irmã Jo-Ann, pelo coral e pela congregação, o coro dos anjos parecia estar soando suas trombetas, flautas, harpas e violinos!  Com o céu e a terra dançando de alegria, como poderia o espírito dos presentes não se sentir enaltecido?  Dou graças a Deus pelo privilégio de ter testemunhado a história se desenrolando naquele momento!” - Afiliada Joan Mills

“A experiência foi espantosa!  Deu sentido à história de um modo que eu nunca havia experimentado antes e que provavelmente não voltarei a experimentar” - Pessoa Anônima

“A solenidade foi realmente uma experiência para a vida inteira!  Me senti tão agradecida e tão profundamente cheia de alegria!  Honramos Madre Francisca e todo o bem que ela representa!” - Irmã Maria Klosterman

“Aquela noite de sexta-feira será um dia para ser lembrado, uma experiência impossível de se exprimir em palavras, que pode somente ser sentida!  Foi realmente celestial!” - Irmã Theresa Calviello

"Uau!  Senti-me como se estivesse em Roma, diante dos altos prelados!  Todas aquelas pessoas prestando um juramento solene sobre a Bíblia, até mesmo o Arcebispo!  Quantas pessoas compareceram, vindas dos lugares mais diferentes e dos mais diversos estilos de vida!  Tive o privilégio de supervisionar o estacionamento dos veículos e indicar às pessoas a entrada da capela.  Todos eram tão cordiais, de coração leve, cheios de alegria, mesmo depois da cerimônia ter se concluído.  Havia um espírito de alegria, algo de maravilhoso que estava acontecendo para celebrar este grande acontecimento! " - Irmã Adelaide Link

“Eu, juntamente com os Irmãos dos Pobres de São Francisco da minha comunidade nos sentimos privilegiados em testemunhar a fase inicial do processo de canonização da Bem-Aventurada Francisca.   No espírito de festa daquela noite o que mais me impressionou foi a alegria das Irmãs, a expressão especial de cada uma, como se Madre Francisca estivesse ali, no meio de todos nós.  Foi uma grande honra para nós estarmos presentes nessa ocasião tão momentosa.” - Irmão Julian Lane, CFP

Irmã Mary Jacinta Doyle, SFP

Em gratidão pelas belas fotografias, Irmã Arlene McGowan

 

Publicado em: 17/04/2009

 

 

COMUNIDADE

Entra na comunidade

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

1 banner celebrando pt

2 banner p biblico pt

3 banner preghiera pt

4 banner canonizzazione pt

6 banner donazioni pt

Newsletter